terça-feira, 31 de julho de 2012

Verdadeiras e grandiosas lições de liderança

video

Gostou do vídeo? Deixe registrado seu comentário aqui no Blog!

Blog Widget by LinkWithin

4 comentários:

  1. Muito bom, exceto misturar o Che Guevara com estes outros. Leiam a biografia e verão que ele mandou assassinar homosexuais em Cuba pos revolução e tinha instintos facínoras. Não o vejo com o estofo moral dos outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo! (Pena não ter registrado seu nome...)

      Fico muito satisfeita que tenha apreciado o vídeo e respeito sua opinião em relação à Che Guevara. Minha intenção não é criar polêmica, discordâncias sempre existirão e são saudáveis para aprimoramento de nosso senso crítico e do debate em si.

      Aqui no Blog não aceito julgamentos e nem juízo de valores, entendo que para sermos isentos sempre devemos fundamentar nossos pontos de vista. E para embasar sua afirmativa, seria fosse importante citar o nome do livro/biografia ao qual se refere, uma vez que houve a indicação da leitura da Biografia, mas não houve referência onde encontrar a informação "oficial" de que Che Guevara era homofóbico.

      Como não sabemos se essa afirmativa é real ou invenção, realizada através dos tempos para desmistificar a imagem mitológica que ele conquistou, especialmente após a sua morte que ocorreu em 1967; e muito tem-se dito de lá para cá, tanto oficial como especulação.

      Não que seja justificável, mas sempre devemos considerar que, quando nos referimos a Che Guevara, estamos falando de um contexto histórico entre anos 50/60 e de Cuba (país com cultura extremamente fechada), que influenciava diretamente nos preconceitos da sociedade. Além do mais, em pleno século XXI no mundo todo, ainda hoje temos manifestações e posições homofóbicas, imagine então naquele contexto histórico.

      Entretanto independente de qualquer situação, o legado de liderança que Che Guevara deixou para a História da Humanidade foi importante, pois quando tomou consciência da miséria em que vivia grande parte dos povos das Américas Central e do Sul, decidiu que deveria lutar para mudança dessa condição miserável. Ingressou na Revolução Cubana e após atuação na guerrilha, assumiu papel político como diretor do Banco Nacional e Ministro da Indústria de Cuba, mas por não ter se adaptado à vida rígida neste país, abriu mão do poder político.

      Deixou Cuba e retornou à guerrilha, morrendo na selva boliviana e este fato de abrir mão do poder e morrer por um ideial o tornou símbolo de determinação e coragem, sendo respeitado até por aqueles que não compartilhavam de seus ideais socialistas/marxistas.

      O exemplo de liderança que nos deixa é através de seu inconformismo, do "TBC - tire o bumbum da cadeira" e lute por seus ideiais, de buscar a liberdade da juventude, da indignação da pobreza e da miséria e especialmente por que morreu por esses ideiais - independente de ideiais políticos e ideológicos.

      A história da humanidade é feita por homens e para vender livro e arrecadar algum dinheiro, obviamente que notícias e histórias vão sendo construídas e descontruídas,jamais saberemos com certeza o que é verídico ou invenção. Precisamos ter senso crítico apurado, sempre!

      E após tantas décadas e/ou séculos é comum que se tente desmistificar e colocar em xeque a moral e a conduta de algumas personalidades da humanidade, como já aconteceu com: Jesus Cristo, Charles Chaplin, Tiradentes, Monteiro Lobato, Alexandre - O Grande dentre tantos outros.

      De qualquer forma, agradeço por sua visita ao Blog e que tenha contribuído com seu ponto de vista através de seu comentário.

      Abraço e Sucesso!
      Simoni Aquino

      OBS.:
      Bibliografia consultada - "CHE GUEVARA: REVOLUTIONARY LIFE", DE JON LEE ANDERSON

      Excluir
  2. Concordo com você Simone, todo o ser humano comete erros, e o que seríamos de nós se não os cometece?
    Comungo que devemos sim extrair o melhor de um homem, e o pior também , mas depende de nós o rumos que damos aos acontecimento, ou seja, a interpretação que damos aos fatos.
    Boa tarde.
    Psicóloga Janira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Janira!
      Seu comentário foi impecável e complementa muito bem minha consideração acima.

      O ser humano é diferenciado de Deus justamente por que é passível de erros e a sabedoria está em transformar o erro num maravilhoso acerto. Lucidez é não julgar a quem quer que seja sem certeza e ter a plena consciência que todo ser humano tem um teto de vidro que pode ser quebrado sempre que nós tacamos pedra em alguém e temos a devolução, numa direção certeira.

      Seja sempre muito bem-vinda ao Blog Além do RH!
      Abraço e ótimo final de semana,
      Simoni Aquino

      Excluir

Olá!
Por gentileza, antes de comentar leia nossos Termos de Uso, pois dependendo do conteúdo de sua mensagem ela poderá não ser respondida ou liberada.

Conto com a sua compreensão,

Simoni Aquino
Idealizadora e escritora do Blog Além do RH

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...