quarta-feira, 23 de maio de 2012

Você conhece a parábola da Demissão da Formiga Desmotivada?

Autor Desconhecido
Fonte da imagem: internet

"Todos os dias, uma formiga chegava cedinho ao escritório e pegava duro no trabalho. A formiga era produtiva e feliz.

O gerente marimbondo estranhou a formiga trabalhar sem supervisão. Se ela era produtiva sem supervisão, seria ainda mais se fosse supervisionada. E colocou uma barata, que preparava belíssimos relatórios e tinha muita experiência, como supervisora.

A primeira preocupação da barata foi a de padronizar o horário de entrada e saída da formiga. Logo, a barata precisou de uma secretária para ajudar a preparar os relatórios e contratou também uma aranha para organizar os arquivos e controlar as ligações telefônicas.

O marimbondo ficou encantado com os relatórios da barata e pediu também gráficos com indicadores e análise das tendências que eram mostradas em reuniões. A barata, então, contratou uma mosca, e comprou um computador com impressora colorida. Logo, a formiga produtiva e feliz, começou a se lamentar de toda aquela movimentação de papéis e reuniões!

O marimbondo concluiu que era o momento de criar a função de gestor para a área onde a formiga produtiva e feliz, trabalhava. O cargo foi dado a uma cigarra, que mandou colocar carpete no seu escritório e comprar uma cadeira especial... A nova gestora cigarra logo precisou de um computador e de uma assistente a pulga (sua assistente na empresa anterior) para ajudá-la a preparar um plano estratégico de melhorias e um controle do orçamento para a área onde trabalhava a formiga, que já não cantarolava mais e cada dia se tornava mais chateada.

A cigarra, então, convenceu o gerente marimbondo, que era preciso fazer uma pesquisa de clima. Mas, o marimbondo, ao rever as finanças, se deu conta de que a unidade na qual a formiga trabalhava já não rendia como antes e contratou a coruja, uma prestigiada consultora, muito famosa, para que fizesse um diagnóstico da situação. A coruja permaneceu três meses nos escritórios e emitiu um volumoso relatório, com vários volumes que concluía: Há muita gente nesta empresa!

E adivinha quem o marimbondo mandou demitir? 
A formiga, claro, porque ela andava muito desmotivada e aborrecida." 

CONSIDERAÇÕES DA BLOGUEIRA
Infelizmente neste vasto mercado de trabalho, sabemos que muitos profissionais passam por esse tipo de situação. São excelentes profissionais, que iniciam suas atividades com todo o gás e motivação possíveis, entretanto com o passar do tempo sua liderança não as enxergam e não reconhecem sua postura profissional, seus resultados e seu profissionalismo.

Enfim, chegam à conclusão que não são valorizadas como pretendiam e merecem, inicia-se um processo de descontentamento em relação à sua gestão, à organização e com o passar do tempo, obviamente que não há motivação que resista e logicamente a desmotivação acaba por tomar conta do profissional. Ao ponto de decidirem mudar de empresa, na verdade esses profissionais que se assemelham à formiga, demitem seu gestor e não a empresa, pois na grande maioria das vezes, se tivessem a oportunidade de continuar na empresa, gostariam apenas da mudança de seu gestor.

Sendo assim, este problema é só do profissional ou também de sua liderança?

Infelizmente alguns de meus leitores já viram esse filme antes! 
É uma pena que as formiga não possam demitir o marimbondo...
Sucesso a todas as formigas!

Bom, é isso!
Tudo de bom e até a próxima!

Blog Widget by LinkWithin

21 comentários:

  1. Infelizmente, no meu último emprego, dei uma de formiga ... e também questiono isto: foi culpa minha ou da empresa a minha demissão?? Sou uma funcionária frustrada atualmente ... e tenho medo de passar por tudo novamente ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Naty!
      Infelizmente todos nós um dia já passamos por esse tipo de situação.

      Você não pode alimentar essa frustração, pois não lhe fará bem, já que isso somente a manterá frágil e vulnerável para que aconteça novamente. O ideal a fazer não é nutrir o medo e sim aprender com esse tipo de situação negativa, pois o ser humano aprende e amadurece nas adversidades.

      Saiba identifique suas limitações e falhas através de uma autoanálise, potencializa seus pontos positivos e reconheça suas falhas. Através dessas atitudes, estará mais preparada para enfrentar o mercado de trabalho de forma mais segura e forte.

      Profissionais frágeis e inseguros são engolidos pelo mercado e perdem excelentes oportunidades. Se manter-se frágil e medrosa, fatalmente passará por tudo novamente.

      Acredito que não é isso o que você quer, não é mesmo!

      Mostre sua força e capacidade que estão dentro de você!

      Grande abraço e seja feliz!
      Simoni Aquino

      Excluir
  2. excelente artigo, mas precisamos sentar todos os líderes e diretores das empresas e fazer-mos com que cada um tome consciência do potencial dos seus liderados. Parabéns!

    Ramos Consulting
    Treinamento em Desenvolvimento Profissional e Gerencial

    Sebastião Assunção Ramos
    Professional & Self Coach
    Analista Ambiental
    Técnico em Segurança do Trabalho
    Instrutor Técnico

    Para maiores informações entre em contato:
    sebastiao.ramos7@yahoo.com.br / coachcomamor.blogspot.com / Skype: ramosconsulting1


    Fones: 91 –8831-3838 / 8185-0880 ou 9284-7566.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sebastião!
      Inicialmente quero agradecer-lhe pela parabenização em relação ao artigo.

      Entretanto, considero sua saída de "sentar todos os líderes e diretores das empresas e fazer-mos com que cada um tome consciência do potencial dos seus liderados" muito simplista!

      Você poderia ilustrar como você faria este trabalho de conscientização? Especialmente por que você se apresenta como coach!

      Fiquei muito entusiasmada de saber mais sobre seu ponto de vista de maneira mais aprofundada, já que você utilizou o espaço de comentário para sua autopromoção, poderia nos ilustrar com alguma opinião sólida e fundamentada a respeito desse tema.

      Grande abraço, sucesso e fico aguardando ansiosamente seu comentário como coach e profissional!
      Simoni Aquino

      Excluir
  3. Olá Simone, muito interessante esta parábola!
    Gostaria de sua autorização, para colocá-la no meu blog.

    Obrigado,

    José Everaldo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Everaldo!
      Com certeza está autorizado para publicá-la em seu blog, somente peço-lhe que, se utilizar o texto complementar à fábula, dê os créditos ao meu blog.

      Envie o endereço do seu blog, pois será uma honra de minha parte, visitá-lo!

      Agradeço pela visita e desejo-lhe muito sucesso em seu Blog!
      Abraço,
      Simoni Aquino

      Excluir
  4. Simoni,

    Quero te parabenizar pelo Blog. Achei ele por acaso e gostei muito. Tudo que você escreve é interessante e deveria ser lido sempre até mesmo como forma de reflexão para a vida!!

    Abç,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Viviane!
      Inicialmente quero agradecer-lhe pela parabenização em relação ao Blog.

      Você citou uma coisa muito interessante, que é a reflexão para a vida, pois como sou profissional de RH por amor e vocação, meus textos não são simplesmente técnicos, pois abordo situações do cotidiano das pessoas e saem de meu coração, pois faço questão de ser correta e empática.

      Esse é meu diferencial, falar sobre assuntos que domino, mas com uma abordagem humanizada e técnica ao mesmo tempo. Isso faz toda a diferença!

      Grande abraço e desejo-lhe muito sucesso!
      Simoni Aquino

      Excluir
  5. Boa tarde Simoni,
    Parabéns pelo blog, muito interessante e com ricas informações.
    Abraço e Sucesso!!!
    Marcelo Gonçalves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Tarde, Marcelo!
      Agradeço-lhe pelo interesse pelo blog e pela parabenização em relação a ele.

      Trabalho com muito cuidado para trazer um conteúdo bacana e que fija do lugar comum quando falamos sobre RH e mercado de trabalho.

      Grande abraço e sucesso para ti também!
      Simoni Aquino

      Excluir
  6. Boa Tarde Simoni

    Me identifiquei muito com o post, pois aconteceu comigo e gostei muito dos questionamentos e das dicas apresentadas em respostas a outros posts.

    Parabens pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo!
      Inicialmente agradeço-lhe pelas palavras em relação ao artigo e Às respostas aos comentários dos leitores do Blog.

      Infelizmente, assim como aconteceu com você ainda encontramos muitas situações complicadas no universo corporativo, que acabam por minar a motivação dos profissionais e isso se reflete nos altos índices de turnover e absenteísmo que encontramos nas empresas.

      E seria tão simples mudar este panorama: basta as empresas se conscientizarem que seus profissionais devem ser enxergados como o verdadeiro capital intelectual e não meros recursos que possuem vida e que por isso são chamados de recursos humanos.

      Gestão de Pessoas vai além! Acredita no potencial dos profissionais e os valoriza justamente por que os reconhece como o potencial que levará a organização ao sucesso, pois o sucesso organizacional é conquistado por meio das pessoas e não das máquinas e equipamentos.

      Agradeço pela parabenização em relação ao Blog e desejo-lhe muito sucesso em sua trajetória.

      Sem desanimar!
      Grande abraço,
      Simoni Aquino

      Excluir
  7. Boa tarde!

    Esse fato realmente atinge muitos profissionais no mercado de trabalho. Infelizmente ainda tem muito empresário que não faz um bom investimento no RH da sua empresa, com isso não conseguem ter ferramentas de apoio para avaliar o desempenho de seus funcionários. Não obstante, eu acredito que as formigas devem continuar fazendo a diferença por onde passam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marlouve!

      Inicialmente desculpe-me pela demora na resposta, mas compromissos profissionais inviliabilizaram minha participação mais efetiva aqui no Blog Além do RH, mas aos poucos estou retornando.

      Agradeço por sua pertinente contribuição.

      Abraço,
      Simoni Aquino
      www.simoniaquino.com.br

      Excluir
  8. Muita paz Simoni,

    Gostei muito do seu texto é bastante pertinente e nos reporta a reflexões.Espero ter a oportunidade de ler mais e mais os seus artigos.

    Parabéns,

    ROSANA FIGUEIREDO D'ALESSANDRO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosana!
      Inicialmente desculpe-me pela demora na resposta, mas compromissos profissionais inviliabilizaram minha participação mais efetiva aqui no Blog Além do RH, mas aos poucos estou retornando.

      Agradeço-lhe por suas palavras em relação a este artigo e pela parabenização pelo Blog.

      Seja sempre muito bem-vinda!

      Grande abraço e ótima semana,
      Simoni Aquino

      Excluir
  9. Obrigado por proporcionar aos seus seguidores textos que levam realmente a uma reflexão. Foi uma das primeiras vezes em que não me senti "perdendo tempo" por estar online. Sinceramente, Bené.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bené!
      Inicialmente agradeço-lhe pela visita e confiança no Blog Além do RH.

      Fico lisonjeada pelas palavras de grande incentivo e emoção para mim, pois saber que você teve esse sentimento agregador, em relação ao Blog Além do RH, realmente me dá a certeza de que meu esforço e trabalho realmente valem a pena.

      Seja sempre muito bem-vinda!


      Abraço e desejo-lhe muito sucesso!

      Simoni Aquino
      www.simoniaquino.com.br
      www.alemdorh.blogspot.com

      Excluir
  10. Muito legal, parabéns Simoni. Infelizmente essa condição se repete com muita frequência. As formigas estão sempre migrando de empresa, mas aí tudo acontece novamente, e assim vai................... Grande abraço e excelente semana. Vladimir Sampaio - São José do Rio Preto-SP.

    ResponderExcluir
  11. A estória é bem interessante.
    Em qualquer lugar a liderança faz diferença e grande. Claro sempre se valoriza quem faz, e quem faz certo ainda mais.
    Sempre comento que mesmo ruim a liderança faz diferença pois direcionada se faz mais
    Deixa os funcionários sozinhos e espere algo.... Ficará esperando...

    ResponderExcluir
  12. Olá Simone, bom dia!!
    otima relexão.. li no momento certo. eu e meu marido estamos passando por isso na empresa que trabalhamos.. mas, vamos continuar firmes e ser formigas top de linha!!! vou seguir seu blog, e posso postar em meu face essa "historinha"? obrigada e que Deus te abençoe.

    ResponderExcluir

Olá!
Por gentileza, antes de comentar leia nossos Termos de Uso, pois dependendo do conteúdo de sua mensagem ela poderá não ser respondida ou liberada.

Conto com a sua compreensão,

Simoni Aquino
Idealizadora e escritora do Blog Além do RH

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...