terça-feira, 12 de junho de 2012

Você conhece a fábula Quem Mexeu no meu Queijo?

por Simoni Aquino
Fonte da imagem: Internet

Esse é o título de um Best seller de 1998, escrito pelo Dr. Spencer Johnson, escritor e psicólogo americano. Este livro apresenta uma parábola que envolve quatro personagens: dois ratinhos chamados Sniff e Scurry, e dois homenzinhos chamados Hem e Haw.

O autor traz uma metáfora, onde o queijo significa o que desejamos ou buscamos, ou seja, nossos objetivos e as mudanças a que estamos sujeitos na conquista dos objetivos, no caso dos ratinhos: o queijo.  E o labirinto significa a vida, uma vez que independente do ambiente, as pessoas vivem em busca daquilo que desejam e necessitam. No decorrer da leitura, é possível acompanhar as atitudes de cada personagem diante das adversidades, o que possibilita aos leitores, a se identificar com um dos quatro personagens da fábula.

Não vou contar o enredo da fábula, para que meus leitores sintam-se estimulados a ler o livro, mas o que posso garantir que se trata de uma leitura muito agradável e certeira, para que possamos compreender nossas atitudes diante das mudanças que acabam por acontecer em nossas vidas.

A história demonstra que a vida não é necessariamente um mar de rosas ou um labirinto livre de obstáculos ou armadilhas, mas um caminho cheio de adversidades e sobressaltos, onde a diferença é a maneira com que cada indivíduo lida com tais adversidades, ou seja, a nossa atitude diante dos problemas.

Fonte da imagem: Internet
Temos a opção por lutar ou por desanimar de deixar as situações acontecerem, dependendo do momento em que as situações ocorreram, apresentamos atitudes com  mais ou menos maturidade, mas o fato é que, sempre temos a opção de nos acomodarmos ou  fingirmos que nada acontece, nos desgastarmos inutilmente com lamentações ou encaramos de frente em busca de adaptação e de novas atitudes que nos permitam lutar para enfrentarmos as  situações com força e lucidez.

O livro aborda a importância da próatividade, iniciativa, lucidez, busca por seus ideais, da batalha e da força de vontade de sair da zona de conforto.

Quem, em algum momento de suas vidas, não passou por uma grande mudança de vida, seja pessoal, familiar ou profissional?
Todos nós!
Ninguém é coitadinho...ninguém é vítima da vida, do destino ou do mercado de trabalho!

Como este Blog trata do setor profissional de nossas vidas, podemos fazer um paralelo entre o labirinto e o mercado de trabalho. Acompanhamos ao longo das últimas duas décadas uma rápida e constante mudança na configuração do mercado de trabalho, os profissionais que tiveram a percepção de compreender as mudanças que a tecnologia extremamente avançada e a globalização impuseram, buscaram se adaptar às mudanças ocorridas e certamente encontraram seu queijo.

Perceberam que, quem tem que mudar é o profissional e não o mercado de trabalhocondição que muitos profissionais ainda hoje, tem resistência para aceitar e pior, se adaptar.

Fonte da imagem: Internet
O profissional que continuar concentrando seus esforços em apenas reclamar do mundo corporativo e do mercado de trabalho, ao invés de buscar aprimoramento profissional e pessoal, realizar com senso crítico uma autoavaliação de suas competências e buscar desenvolvimento acadêmico (leia-se graduação/pós-graduação/mestrado, idiomas e novas tecnologias) fatalmente será engolido pelo mercado de trabalho e apenas continuará atrás dos que já encontraram seu queijo, ainda falando mal dos que tiveram mérito para encontrar seu queijo, como temos visto em redes profissionais.


AOS RECLAMÕES: PAREM DE RECLAMAR E PROCUREM SEU QUEIJO!
ENCONTRAR O QUEIJO OU MORRER DE FOME:
A ESCOLHA É SOMENTE SUA!

Este texto é de propriedade intelectual de:
Simoni Aquino
Consultora em Gestão Estratégica de Pessoas

Gostou? Não gostou? 
Registre seu comentário ou compartilhe.
Mas saiba que: mensagens com ataques pessoais e citação de nomes de empresas, não serão liberadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deseja registrar seu comentário, informações complementares, questionamento, crítica ou elogio?

Os comentários são muito bem vindos e importantes para o Blog Além do RH, pois enriquecem o conteúdo dos artigos, entretanto já existem algumas jurisprudências responsabilizando o blogueiro pelo conteúdo de seu blog, inclusive quanto aos comentários, dessa forma reservo-me no direito de estabelecer a seguinte Política de Moderação de Comentários, para que sua mensagem seja liberada pela moderação:

* Não liberar comentários que firam a lei, ética ou outros princípios da boa convivência entre profissionais e empresas;
* Não liberar comentários anônimos ou que envolvam denúncias contra empresas, crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa ou empresa;
* Não liberar comentários não relacionados com o assunto tratado no artigo.
* Não liberar comentários que contenham links de autopromoção de pessoas, profissionais, empresas/instituições e blogs/sites.
* Perguntas/consultas cujo conteúdo esteja abordado no próprio texto/artigo e que demonstram que o leitor não se deu ao trabalho de ler o artigo em questão, serão respondidas com uma mensagem pré-formatada informando que a resposta está contida no próprio texto.

Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido com bom senso, para o bem-estar de todos nós.

Simoni Aquino
Gestora de pessoas, escritora e palestrante
Idealizadora e proprietária do Blog Além do RH

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...