quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Você conhece a fábula do Caldeireiro?

Fonte da imagem: Internet
por Richard Bandler e John Grinder 

"Um caldeireiro foi contratado para consertar um enorme sistema de caldeiras de um navio a vapor que não estava funcionando bem.
Após escutar a descrição feita pelo engenheiro quanto aos problemas e de haver feito umas poucas perguntas, dirigiu-se à sala de máquinas. 
Olhou, durante alguns instantes, para o labirinto de tubos retorcidos. A seguir, pôs-se a escutar o ruído surdo das caldeiras e o silvo do vapor que escapava. Com as mãos apalpou alguns tubos.

Depois, cantarolando suavemente só para si, procurou em seu avental alguma coisa e tirou de lá um pequeno martelo, com o qual bateu apenas uma vez em uma válvula vermelha. Imediatamente, o sistema inteiro começou a trabalhar com perfeição e o caldeireiro voltou para casa.

Quando o dono do navio recebeu uma conta de R$ 2.000,00 queixou-se de que o caldeireiro só havia ficado na sala de máquinas durante quinze minutos e solicitou uma conta detalhada. 

Eis o que o caldeireiro lhe enviou:
Total .........................:  R$ 2.000,00 assim discriminados:
Martelada ..................:  R$        0,50
Saber onde martelar ....: R$ 1.999,50"

CONSIDERAÇÕES DA BLOGUEIRA
Na atual configuração do mercado de trabalho, para ter sucesso na nossa trajetória profissional, é essencial nos aprofundarmos em nossa profissão ou área de atuação. Devemos apresentar uma visão holística e sermos multifuncionais, mas se faz necessário nos tornarmos um expert nas nossas profissões, uma vez que se o que você faz puder ser facilmente realizado por qualquer outra pessoa, o que você faz tem pouco “valor agregado”. 

Se suas atividades não tiverem valor agregado, você sempre estará desvalorizado, o salário será proporcional à esta desvalorização e você sempre estará na iminência de ser substituído por outro profissional.

Não desvalorizo os profissionais que não tiveram acesso/interesse/vontade em estudar e não estou aqui para julgar quem quer que seja, mesmo por quê cada um tem o livre arbítrio para fazer suas escolhas e muitos profissionais de referência alcançaram sucesso em suas atividades mesmo sem estudo aprofundando, como nos casos de Steve Jobs, Sílvio Santos, Bill Gates, ex-presidente Lula (não entrarei em méritos políticos) entre tantos outros. A batalha e a experiência desses profissionais jamais devem ser desconsideradas, já que são empreendedores natos, mas jamais podemos deixar de considerar que, até mesmo essas referências se cercaram de profissionais altamente qualificados para fundamentar e sustentar seu sucesso.

Mas hoje, vivemos inseridos numa nova configuração do mercado de trabalho e quem não busca conhecimento e aprimoramento já está ficando para trás, pois se faz absolutamente necessário a constante evolução, por isso é importante estudar, buscar informações de qualidade, ser um eterno curioso, ter disposição para transformar informações em conhecimento e se valorizar, pois toda a atividade e profissão possui o seu “pulo do gato”. 

E quem não conhece o "pulo do gato", como pode querer receber por ele?
Se não investir em si mesmo (formal ou informalmente), nunca saberá onde dar uma única martelada!


O texto com as considerações da blogueira  é de propriedade intelectual de:
Simoni Aquino
Consultora em Gestão Estratégica de Pessoas

Gostou? Não gostou? 
Registre seu comentário ou compartilhe.
Mas saiba que: mensagens com ataques pessoais e citação de nomes de empresas, não serão liberadas.

Blog Widget by LinkWithin

7 comentários:

  1. Cláudio Pereira de Barros10 de agosto de 2012 07:49

    Achei bem interessante o texto o qual retrata a importância não sómente da qualificação profissional como também do aperfeiçoamento constante dentro das nossas atividades profissionais até como um diferencial positivo dentro do mercado de trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cláudio!
      Inicialmente agradeço-lhe por sua visita ao Blog Além do RH e por considerar o texto interessante.

      Suas colocação são muito pertinentes: qualificação e aperfeiçoamento devem ser encarados como diferencial no mercado de trabalho. Mas ressalto que, devemos nos qualificar e nos aperfeiçoar, mas especialemente devemos saber o quê fazer com tudo isso, ter as competências para colocar em prática.

      Seja sempre muito bem-vindo ao Blog!

      Grande abraço e ótimo final de semana,
      Simoni Aquino

      Excluir
  2. Excelente, Simoni. Suas observações, além de contextualizadas, são um sinal de alerta para aqueles que ainda não acordaram e, ao mesmo tempo, um alento para quem está buscando atualização acadêmica e profissional constantemente.
    Eduardo Moreira Dias
    http://br.linkedin.com/pub/eduardo-moreira-dias/2a/21a/80

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eduardo!
      Inicialmente quero agradecer-lhe por ter prestigiado o Blog e por ter considerado o texto adequado tanto para quem não busca aprimoramento, quanto e especialmente para quem está batalhando por melhorar suas competências técnicas e intelectuais.

      Será sempre bem-vindo ao Blog Além do RH!

      Abraço e ótimo final de semana,
      Simoni Aquino

      Excluir
    2. Obrigado, Simoni.
      Estarei por aqui. Desejo ótima semana.
      Abraço,
      Eduardo

      Excluir
  3. Não basta ter a toria mas a essencia da aplicação por mais simples que pareça um simples detalhe faz muita diferença , a experincia é tão importante quanto a teoria , saber aplicar e quando aplicar é tudo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiz Henrique!
      Agradeço-lhe por sua visita ao Blog e por nos prestigiar com seu pertinente comentário.

      Teoria é importante, mas conhecer o macete - o "pulo do gato", que é adquirido com a prática faz a diferença. Mas sempre devemos nos lembrar que todos nós um dia fomos iniciantes e dessa forma, aprendizes e como tal precisamos da teoria para nos ajudar a adquirir a prática.

      Seja sempre bem-vindo ao Blog Além do RH!
      Abraço e ótimo final de semana,
      Simoni Aquino

      Excluir

Olá!
Por gentileza, antes de comentar leia nossos Termos de Uso, pois dependendo do conteúdo de sua mensagem ela poderá não ser respondida ou liberada.

Conto com a sua compreensão,

Simoni Aquino
Idealizadora e escritora do Blog Além do RH

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...